Mural SPRGS - SPRGS

Ir para o conteúdo

Ansiedade e tristeza em tempos de quarentena

SPRGS
Publicado por em Voz da Sociedade · 9 Abril 2020
Voz da Sociedade
Ansiedade e tristeza em tempos de quarentena
Susana Joaquim Rodrigues*
Fica em casa! É a palavra de ordem do momento na tentativa de diminuir a transmissão do coronavírus, já que a COVID-19 ainda não tem cura e pode ser fatal para uma parte da população. Mas, quarentena não é férias! É isolamento e esse isolamento tem consequências importantes.

O ser humano é um ser sociável desde o nascimento, o convívio social nos constitui, é com o auxílio de outras pessoas que sobrevivemos. Então, por si só, um grande período de isolamento social, já é o suficiente para despertar sentimentos de ansiedade e de tristeza, entre outros. O contato físico é uma forma de manifestar e receber afeto entre pessoas. Os encontros, reuniões, festas e jantares aproximam as pessoas e também são momentos de descontração e alívio do estresse.

Além disso, somos seres habituados à rotina desde crianças. Mesmo que seja uma rotina louca, corrida e exaustiva, estar sem ela dá uma sensação de vazio, de perder o chão. Dependendo da pessoa e de outras condições, isso pode ser mais ou menos intenso. A ansiedade, sempre presente em momentos de tensão, pode aumentar consideravelmente nesse período, tanto despertada pela situação externa, quanto pela produção psíquica: sentimentos e pensamentos. São nesses momentos de crise que questões emocionais frágeis que cada pessoa tem dentro de si: traumas, sofrimentos, decepções, tendem a vir à tona com toda a força, podendo causar ou acentuar a condição de medo e a tristeza existente. Além disso, a tristeza também advém de todas as perdas do momento, de estar privado de muitas coisas. Mas o que fazer para lidar com tudo isso e não sucumbir?

*Sócia efetiva e coordenadora do Núcleo de São Leopoldo da SPRGS


Sprgs
Rua Felipe Neri, 414 conj 202 Auxiliadora
90440-150 Porto Alegre RS

51. 3331-8586
51. 99527.3920

Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul
Voltar para o conteúdo