Totem e tabu: discussões atuais

Sissi Vigil Castiel

Resumo


Dada a extrema relevância que os temas do complexo de Édipo, violência, abuso e incesto adquirem na psicanálise e na clínica da atualidade, este texto, pretende retomar o livro de Freud -Totem e tabu (1913-1980), para que a partir dali estes conceitos possam ser tensionados. A compreensão de Freud a respeito da origem da civilização baseia-se na proibição do incesto e do pacto entre os irmãos com relação a um barramento da violência como as formas que possibilitam a organização das relações entre os homens, nesse sentido a atualidade do texto é imensa, na medida em que retoma a questão de que a posição com relação a violência é o que possibilita diferenciar a cultura da natureza. Além disso, através do texto, Freud também demonstra que a função da família é, sobretudo, simbólica; o papel do complexo de Édipo no desenvolvimento individual e cultural e, por último, que a organização cultural se fundamenta na ideia de que as palavras devem estar no lugar dos atos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.