Ataques à figura feminina, breves comentários sobre origens e repercussões

Ivone M. Candido Coelho de Souza

Resumo


O texto reproduz palestra proferida no Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul, Grupo de Estudos de Direito de Família, em 2018. Alude brevemente à questão dos ataques à figura feminina assinalável em quase todas as sociedades antigas e modernas. Refere-se, ainda, a dados observáveis na realidade brasileira a partir da evolução das leis; cita também o insuficiente progresso ante o disposto nas leis protetivas e à verdadeira observação das mesmas. Examina algumas dificuldades do próprio objeto, não apenas quando submetido às discriminações/exclusões, conscientemente ou não, mas quando reage de forma a reforçar realidades adversas à sua condição, como hipótese para entendimento dos entraves persistentes na lenta evolução do status social da mulher, principalmente no Brasil. Refere-se, ainda, ao papel da família e dos Poderes Públicos na questão dos riscos à saúde mental.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Creative Commons License
This work is licensed under a Creative Commons Attribution 3.0 License.