Mini-Exame do Estado Mental na avaliação neuropsicológica pós-TCE: aplicabilidades

Autores

  • Natalie Pereira
  • Renata Kochhann
  • Nicolle Zimmermann
  • Rochele Paz Fonseca

Resumo

A avaliação neuropsicológica, em pacientes vítimas de Traumatismo Cranioencefálico (TCE), investiga déficits relacionados aos componentes executivos. Esses componentes são responsáveis por direcionar e gerenciar habilidades necessárias para a realização das atividades de vida diária, de forma efetiva. Diversos testes são utilizados para a investigação do desempenho dos pacientes póslesão, dentre eles o Mini Exame do Estado Mental (MEEM), universalmente aplicado na investigação de
demências ou outras amostras neurológicas. Como instrumento de pesquisa, sua utilização ainda não é consensual, sendo usado isolado ou agregado às baterias de avaliação neuropsicológica, como triagem cognitiva global ou para examinar sinais de demência pós-TCE. Pensando nessa perspectiva, essa revisão assistemática procurou caracterizar o uso do MEEM nessas diversas situações. Após uma breve busca de artigos, verificou-se a utilização do MEEM em todas as situações supracitadas, porém, ainda, de forma não consensual e não padronizada. Sendo assim, existe uma necessidade de estabelecer padrões com objetivo de verificar o quão discriminativo o teste pode ser e qual a relação dos componentes com os déficits neurológicos. Até o momento, o mais prudente parece ser o uso do MEEM como caracterização da amostra e utilização de triagem cognitiva com exame comparativo entre subgrupos de TCE.

Downloads

Publicado

2014-12-01

Edição

Seção

Artigos