Se Liga - SPRGS

Ir para o conteúdo
Se Liga
No dia 6 de junho, tivemos o prazer de receber os novos membros da L.E.R., selecionados para compor nosso grupo.
Desejamos as boas-vindas aos ligantes: Maria Del Carmen Pasin, Alexandre Lucas e Bianca Lopes.
Esperamos que tenhamos juntos muitas trocas e aprendizados!
Clique na imagem para ver mais.
Pensar sobre sexualidade positiva nos leva a refletir sobre os grupos que precisam da promoção de ações voltadas a uma educação sexual positiva, refletiva e respeitosa.
Assim, compreendemos que as crianças e adolescentes precisam entrar em contato com o tema, através de uma orientação responsável.
O artigo utilizado para referência de estudo realizou uma pesquisa de literatura sobre como se dá a sexualidade nesse grupo.
Assim, nosso intuito é sensibilizar profissionais a refletir sobre o papel de cada um frente a essa questão e esse contexto.
Fonte: BRÁS, Manuel Alberto Morais; ANES, Eugénia Maria Garcia Jorge; ANTÃO, Celeste da Cruz Meirinho. EDUCAÇÃO PARA A UMA SEXUALIDADE POSITIVA EM CRIANÇAS E ADOLESCENTES: VÁRIOS OLHARES! International Journal of Developmental and Educational Psychology, vol. 1, núm. 1, pp. 277-282, 2019.
Clique na imagem para ver mais.
No encontro da liga dessa semana foi lido o artigo intitulado “O poliamor no Brasil contemporâneo: definições, gênero, ciúme e preconceito” das autoras Carla Ruiz Martin e Meireluci Costa Ribeiro.
O objetivo do artigo foi de analisar como os adeptos desse tipo de relação definem o termo poliamor e suas implicações afetivas e sociais. A partir da leitura, pudemos realizar reflexões sobre as novas configurações amorosas que existem hoje em dia. Isso faz com que pensemos o nosso papel frente ao acolhimento e respeito a diferentes formas de se relacionar.
Clique na imagem para ver mais.
Você sabia que existem os direitos sexuais e reprodutivos?
Os direitos sexuais dizem respeito a garantia do exercício da sexualidade de forma livre, autônoma e informada. Tratam de questões sobre como as pessoas podem exercer a sua identidade sexual, e também sobre como e com quem pretendem manter relações íntimas de afeto e expressar sua sexualidade. Implicam também na garantia à educação sexual, inclusive como forma de prevenção a danos à saúde sexual.
Os direitos reprodutivos tratam do direito que toda pessoa tem de determinar se quer ou não ter filhos/as, e também como e quando isso deve ocorrer.
Cabe a nós, psicólogos, difundir a conscientização acerca desse direito pouco falado.
Para maiores informações, buscar a fonte: Brasil. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. Direitos sexuais, direitos reprodutivos e métodos anticoncepcionais / Ministério da Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Ações Programáticas Estratégicas. – Brasília: Ministério da Saúde, 2009. 52 p. : il. color. – (Série F. Comunicação e Educação em Saúde) (Série Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos; caderno n.)
Você conhece o livro “Tratamento Clínico das Inadequações Sexuais”?
O livro tem como base de trabalho sério e de comprovada eficácia clínica dos autores Ricardo Cavalcanti e Mabel Cavalcanti. Ele apresenta inspiração cognitivo - comportamental, através de um texto simples e didático e, ao final de cada capítulo, apresenta questionários para avaliação do aprendizado sobre cada tema abordado.
Ele é uma indicação para quem deseja estudar sobre a temática.
Clique na imagem para ver mais.
Apresentamos hoje uma forma de compreensão da sexualidade chamada sexualidade positiva. O site chamado “PrazerEla” traz diversos conteúdos sobre sexualidade, muitos de caráter informativo.
A fundadora do site, a psicanalista Mariana Stock, trouxe a explicação do conceito de sexualidade positiva. Acompanha a explicação nos cards acima!
Você já escutou falar sobre sexualidade positiva?
Nos conta nos comentários em nossa redes sociais!
Clique na imagem para ver mais.
Nessa semana apresentamos algumas reflexões que tivemos acerca da sexologia. Há diversas formas de pensarmos sobre ela, seja pelo viés sociológico, biológico ou psicológico.
Nosso olhar e escuta enquanto psicólogos precisa compreender por onde o discurso do paciente está circulando quando se apresenta a sua narrativa.
O que você pensa sobre cada critério apresentado? Nos conta nos comentários em nossas redes sociais.
Nessa terça-feira, 18 de abril, durante o nosso encontro semanal, a nossa coordenadora Alice Weidle ministrou uma apresentação ao grupo sobre sexualidade humana.
Esse é a temática atual de estudos do grupo e também a área na qual Alice aprofunda e especializa seus estudos. Ela nos apresentou o desenvolvimento da sexualidade pela psicologia, os principais conceitos que fazem parte da temática, como ela se apresenta na prática clínica e como podemos pensar em formas de abordá-la.
Alice nos inspirou a refletirmos ainda mais sobre um tema que se apresenta em diversos contextos como um tabu.
Agradecemos sua disponibilidade em compartilhar conosco os seus conhecimentos.
E você, já estudou ou se dedica aos estudos sobre sexualidade humana? Nos acompanhe durante os próximos meses para saber um pouco mais sobre essa temática!
Estamos iniciando nosso novo ciclo de estudos!

Dedicaremos os próximos meses à temática da Sexualidade Humana, perpassando pelos principais conceitos que a compõe.
O intuito é refletirmos sobre como esses conceitos aparecem na clínica psicológica. Assim, podemos estudar sobre o nosso papel psi e formas de manejo e intervenção.
Acreditamos ser uma temática muito relevante que perpassa a nossa prática e que precisa ser mais abordada entre os profissionais e entre os pares na clínica.

Acompanhe nossas postagens, a cada semana publicaremos um pouco dos nossos estudos!
Clique na imagem para ver mais.
Novas inscrições para o processo seletivo da L.E.R. estão abertas!

Nosso espaço é composto por estudantes de qualquer semestre e recém-formados com até 2 anos de formação.
Venha compor esse espaço coletivo de discussão e produção de conhecimento em Psicologia!
Para realizar tua inscrição envie:
- Currículo; e
- Carta de apresentação breve.
Para: secretaria@sprgs.org.br

As inscrições foram prorrogadas até dia 25/04/2023!
Nessa última terça-feira (28/03) aconteceu o evento organizado pela Liga "TEA na adultez: uma vida além do diagnóstico" com a Psicóloga Mônica Fragoso!

O evento acrescentou muito a temática que estamos estudando, sobre o Transtorno do Espectro Autista, assim como a experiência da palestrante nos fez refletir e aprender mais sobre o diagnóstico tardio e as maneiras como o TEA pode se manisfestar!

Agradecemos a palestrante Mônica Fragoso pela disponibilidade e por nos fazer refletir e aprender mais! Assim como a todos que estiveram presentes conosco!
Clique na imagem para ver mais.
No dia 18 de março de 2023 tivemos a presença do Fernando Lanzer na sede da SPRGS para ministrar sua palestra sobre a tipologia cultural e a mensuração do inconsciente coletivo como instrumento de transformação de culturas.
Fernando nos apresentou muito bem as concepções sobre a cultura e seus impactos em diferentes locais do mundo. Embasado em pesquisas e estudos na área, Fernando nos auxiliou a refletir individualmente e em grupos sobre como nossos valores culturais interferem na forma com que nos relacionamos conosco, com os outros e com o ambiente.
Além de ter sido uma manhã de muito aprendizado, também foi um espaço de acolhimento. Fernando é filho de Francisco Pedro Estrazulas Pereira de Souza  (Chico Pedro) e Edela Lanzer Pereira de Souza, figuras que representam a criação e desenvolvimento da SPRGS.
Sua disponibilidade em estar conosco naquela manhã de sábado representam um importante marco para a instituição.
Agradecemos ao Fernando, à sua família, e a todos os presentes que estiveram conosco.
Clique na imagem para ver mais.
Existem atualmente direitos e leis que envolvem o Transtorno do Espectro Autista (TEA). É importante darmos visibilidade para esses direitos que muitas vezes não são conhecidos. Acompanhe aqui, e no card, alguns desses:
- Você sabia que existe uma Carteira de Identificação da Pessoa com TEA? A CIPTEA! As pessoas com TEA tem direito a acesso prioritário e outros serviços, a carteira surgiu para auxiliar na garantia dessas, uma vez que o TEA, como trouxemos em outro post, tem um grande espectro e existe uma impossibilidade de identificar o autismo visualmente!
- Lei Berenice Piana - essa criou a Política Nacional de Proteção de Direitos da Pessoa com TEA, determinando o direito a um diagnóstico precoce, tratamento, terapias e medicamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), assim como acesso à educação e proteção social, proporcionando uma melhor igualdade de oportunidades. Essa mesma lei estipula que a pessoa com TEA seria considerada uma pessoa com deficiência para os efeitos legais e sendo assim, também podendo fazer uso do Estatuto da Pessoa com Deficiência.
- Além dessas, podemos apontar que existem diferentes leis, brevemente trazidas a seguir: redução da jornada de trabalho para servidores públicos com filhos autistas; gratuidade no transporte interestadual a pessoa autista que comprove renda de até dois salários mínimos; Lei orgânica de Assistencia Social, que oferece o Benefício da Prestação Continuada; educação e atendimendo educacional especializado; entre outras!
Você sabia da existência dessas leis? Divulgue para também ser do conhecimento de outras pessoas!
Clique na imagem para ver mais.
Convidamos a todos para participarem conosco do evento:
Portas Abertas L.E.R. - "TEA na adultez: uma vida além do diagnóstico".
Em nossa primeira postagem sobre a temática do semestre estudada pela Liga abordamos como o Transtorno do Espectro Autista (TEA), assim como o nome traz, apresenta diferentes nuances, contando com uma multiplicidade de sintomas e fatores, existindo ainda uma dificuldade de diagnóstico.
O evento então busca debater sobre o TEA na adultez, assim como o diagnóstico tardio, convidando a todos que tiverem interesse em aprender um pouco mais para participarem conosco do evento em que teremos a palestrante Mônica Fragoso.
28 de março/23, terça-feira, 17h às 18h30
Atividade gratuita com certificado de participação
Transmissão via Zoom. Inscrições pelo Sympla
Mais informações: sprgs.org.br/blog/
Clique na imagem para ver mais.
Com o começo do ano e a nova formação da Liga, também é iniciado o primeiro ciclo de estudos da L.E.R. de 2023! O tema escolhido foi o Transtorno do Espectro Autista (TEA)!
O TEA é uma desordem do neurodesenvolvimento, com uma diversificada gama de sintomas. Através do DSM-5 TR, podemos apontar que dentro dos diversos sintomas encontram-se déficits persistentes de comunicação, de interação social nos diferentes contextos e de reciprocidade socioemocional.
Compreendemos, enquanto profissionais, que se faz necessário e essencial discutir essa temática, aprender sobre ela e as diversidades dentro desse diagnóstico — inclusive, pela dificuldade que existe no próprio diagnóstico de TEA, as adversidades enfrentadas no diagnóstico tardio e a importância do tratamento correto.
Fique de olho nos nossos próximos posts onde vamos trazer mais da temática!
Referência: Manual diagnóstico e estatístico de transtornos mentais: DSM-5. TR/[American Psychiatric Association]; 5. ed. – Porto Alegre: Artmed, 2022.
Afinal, qual é a definição de cultura? De uma forma objetiva podemos concluir que existem diferentes conceitos e definições para essa pergunta. Neste sentido, quando vivemos em um país com grande diversidade cultural como o Brasil, de que forma e quais são as implicações culturais e como exercer influência sobre o comportamento em situações específicas? Este evento se propõe a explorar iniciativas comportamentais para aperfeiçoar a eficácia da comunicação intercultural, bem como a forma que os nossos valores culturais interferem na forma com que nos relacionamos conosco, com os outros e com o ambiente.
A L.E.R. está organizando o evento Ponto de vista "A tipologia cultural e a mensuração do inconsciente coletivo como instrumentos de transformação das culturas", com Fernando Lanzer.
18 de março/23, sábado, 10h às 12h. Atividade gratuita, presencial, na sede da SPRGS. Exclusivo para a L.E.R. e outros associados da SPRGS.
Clique na imagem para ver mais.
Nesse novo semestre de 2023/1 o time da L.E.R. está diferente! Contamos com novos membros ligantes para compor nosso grupo, vamos conhecer um pouquinho mais da nova formação?
Coordenação Geral:
- Tiago Ribeiro - Psicólogo clínico, graduado pela ULBRA/Guaíba;
- Alice Weidle - Psicóloga clínica, graduada pela PUCRS;
- Emanuelle Fagundes - Psicóloga clínica, graduada pela Unisinos.
Comissão Científica:
- Jack Bezerra - Estudante de Psicologia na Uniritter;
- Carolina Castanheira - Estudante de psicologia do 10º sem. na Atitus.
Comissão Administrativa:
- Tatiana de Souza - Estudante de Psicologia do 9º sem. na UniRitter e Coord. da Comissão Administrativa;
- Silvia Marmontel - Estudante de Psicologia do 6º sem. na Faculdade Dom Bosco.
Comissão Comunicação:
- Bianca Zanuzo - Estudante de psicologia do 10° sem. da Cesuca e Coord. da Comissão de Comunicação;
- Rafaela Zanela - Psicóloga clínica, graduada pela PUCRS.
Comissão de Extensão:
- Ketlin Costa - Estudante de psicologia do 9º sem. da PUCRS;
- Viviane Zambelli - Estudante de psicologia do 5º sem. da Atitus;
Que seja um semestre de grandes produções coletivas na L.E.R.!
No dia 31/01, tivemos o prazer de receber os novos membros da L.E.R., selecionados nesse semestre para compor nosso grupo!

Desejamos as boas-vindas aos ligantes:
Carolina Castanheira, Jack Bezerra, Ketlin Costa, Rafaela Zanela, Silvia Marmontel e Viviane Castelli.

Esperamos que seja um semestre de muitas trocas e aprendizados!
No último encontro da Liga conversamos com a psicóloga Stéphanie que compartilhou conosco dicas sobre a elaboração e preenchimento correto do currículo lattes, além de orientações para quem tem interesse em participar de seleções para mestrado e doutorado.
Vale lembrar que a Stéphanie já foi membro e coordenadora da Comissão de Produção Científica da Liga, tendo grande contribuição na produção de artigos elaborados pela L.E.R. acerca dos temas estudados pelo grupo.

A Liga agradece a participação da colega!
Clique na imagem para ver mais.

A Liga de Estudantes e Recém-formados está com seleção aberta!
Conheça um pouco dos nossos objetivos e das nossas ações!
Ficou com vontade de integrar um espaço rico em troca de conhecimento e aprendizados?
Então envia tua carta de apresentação breve e currículo para cientifica@sprgs.org.br.
Nossa seleção vai até dia 15/01, não perde!
Clique na imagem para ver mais.
As inscrições para o processo seletivo da L.E.R. de 2023/1 estão abertas!

Nosso espaço é composto por estudantes de qualquer semestre e recém-formados/as com até 2 anos de formação.
Venha compor esse espaço coletivo de discussão e produção de conhecimento em Psicologia!
Para realizar tua inscrição envie:
- Currículo; e
- Carta de apresentação breve.
Para: cientifica@sprgs.org.br

As inscrições foram prorrogadas até dia 15/01/2023!
A Liga dos Estudantes e Recém-formados da Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul, apresenta através do “Se Liga”, informações sobre o que acontece e é produzido pela L.E.R.

Fique ligad@!
A comissão de comunicação, tem como objetivo, criar estratégias de interlocução dos conhecimentos produzidos pela L.E.R com a comunidade externa.
A comissão de extensão, tem em vista, desenvolver materiais que estejam alinhados aos interesses dos ligantes, e em consonância aos interesses da comunidade em geral, juntamente com a comissão científica, estimular o campo da pesquisa, da L.E.R, incentivando e desenvolvendo habilidades para o âmbito profissional.
Por fim, a comissão administrativa, é responsável pela organização da agenda de eventos e rotinas administrativas da liga.
Sprgs
Rua Felipe Neri, 414 conj 202 Auxiliadora
90440-150 Porto Alegre RS

51. 3331-8586
Whatsapp: 51. 99527.3920

Sociedade de Psicologia do Rio Grande do Sul
Voltar para o conteúdo